PHC Maior Parceiro 2016
PME Excelência 2016
Melhores empresas para trabalhar 2016
Rede PME Inovação
Indústria / SIG Equipamentos
O SIG Equipamentos é uma solução desenvolvida pela equipa da Winsig que adapta o PHC Manufactor e o PHC Gestão às necessidades específicas da produção de equipamentos eletrónicos. A principal mais-valia e diferenciação é permitir a rastreabilidade dos números de série dos componentes aplicados na produção de um determinado produto acabado (com outro número de série).

Benefícios

Verificação de todo o registo das operações de montagem dos componentes.
• Interface ágil com possibilidade de registo de informação através de ecrã touch ou com leitores de código de barras.
• Eliminação da complexidade do registo da informação nos diários de trabalho do Manufactor.

Como funciona


1) Criação da Ficha Técnica de Artigo - cada artigo pode ter várias gamas operatórias, recorrendo a uma gestão eficiente das alternativas de produção (versões).

2) Definição da informação base e da informação necessária para o processo produtivo (gamas operatórias, centros de trabalho, relação entre operações e componentes).

3) Definição de informação relevante sobre a composição / elaboração de números de série e controlo de tempos a realizar pelos consumos.

4) Na emissão da Ordem de Fabrico geram-se automaticamente todas as sub-Ordens. Depois, pode emitir-se um Dossier Interno de necessidade de material para cativação de stocks e/ou Gestão de Aprovisionamento.

5) Quando se inicia a Produção, o primeiro passo é colocar a Ordem de Fabrico em curso e gerar os números de série a produzir.

6) Impressão da Ficha de Composição de cada equipamento, para aplicação em produção. Inclui códigos de barras, Ordem de Fabrico, Equipamento e Componentes para facilitar a identificação e permitir a utilização de leitores de código de barras.

7) Visualização de ecrã de consumos simplificado, desenvolvido especificamente para este template. Permite o registo manual por digitação e/ou pesquisa e por leitura por código de barras. Dele se guardam os consumos, tempos, paragens, etc. Quando todos os componentes são consumidos, o equipamento final entra em stock.

• Fica disponível para movimentação, se não estiver sujeito a inspeção.
• Se tem inspeção, a sua disponibilidade só se verifica depois da inspeção e respetiva aprovação.
Veja alguns Casos de sucesso relacionados